Como criar um pendrive multibootável para GPT (UEFI) e MBR (Legacy)

Como criar um pendrive multibootável para GPT (UEFI) e MBR (Legacy)

Neste tutorial, explicaremos em detalhes como criar um pendrive com vários sistemas operacionais, ferramentas de diagnóstico, antivírus, e o que mais for de seu interesse. É algo bem útil para quem trabalha com manutenção de computadores, como a King Arte, para que não seja necessário dispor de vários pendrives para cada sistema operacional, e para cada tipo de BIOS (UEFI e Legacy).

Então, ao final dos procedimentos abaixo, você terá em um só pendrive vários sistemas operacionais e ferramentas, que vão funcionar tanto em UEFI quanto em Legacy.

Antes de começar, é necessário que o seu pendrive esteja formatado com o sistema de arquivos FAT32.

Ferramentas necessárias

Nós reunimos todas as ferramentas necessárias em um único instalador, para que você consiga seguir as etapas sem muita dificuldade.

A senha para utilizar a ferramenta é: king

Preparando as imagens ISO

Abra a pasta "MPI Tool..." e execute o arquivo "imdiskinst" da pasta "ImDisk". Aguarde a confirmação de instalação conforme a imagem a seguir.

Instalação do ImDisk

Feito isso, volte na pasta "MPI Tool Pack.." e execute o arquivo "CreateDesktopShortcuts".

Você notará que foram criados três atalhos em sua área de trabalho: MakePartImage, MPI_FAT32 e MPI_NTFS. Nós vamos utilizar apenas o MPI_FAT32.

Atalhos MPI Tool Pack Plus

Agora, nós vamos converter as imagens ISO que queremos utilizar. O procedimento será o mesmo para as ISO's de Windows, Linux, ferramentas de diagnóstico, etc. Você precisa converter as imagens!

Para realizar a conversão, arraste a ISO e solte no atalho MPI_FAT32.

Conversão de ISO para imgPTN

Abrirá uma janela do Prompt de Comando, fazendo algumas perguntas.

Prompt de Comando

O primeiro diálogo é sobre adicionar ou não o rEFInd (um gerenciador de boot para UEFI). Para o nosso tutorial, não vamos adicioná-lo. Então, pressione a tecla 1 e aguarde a próxima tela.

A próxima janela faz algumas verificações, como o tamanho da imagem ISO que você escolheu, e sugere um tamanho para a criação de um disco virtual, onde será realizado a extração e conversão.

Verificando a ISO

Assim que for sugerido, pressione ENTER para confirmar e iniciar o processo.

Tenha paciência aqui, pois pode demorar alguns minutos dependendo da configuração do seu computador e tamanho da ISO.

Convertendo a ISO
Caso surja a mensagem "Possibly Windows 8/10 install files found?", aperte a tecla N.

Caso surja qualquer outra sugestão, nas ISO's que você utilizar, pressione ENTER.
Não tem como colocar aqui todas as mensagens que são exibidas em cada sistema ou ferramenta, mas a ideia é a mesma. Para quem for converter a imagem do Hiren's Boot, por exemplo, será sugerido a instalação do Syslinux, que é feito pressionando ENTER.

Ao concluir o processo, será gerado um arquivo de extensão imgPTN (Ele será salvo no mesmo local da ISO, ou seja, se arrastei uma ISO que estava na área de trabalho, o imgPTN será salvo na área de trabalho). É este arquivo que deveremos utilizar, ao invés da ISO.

Volto a dizer, todos os arquivos ISO's deverão ser convertidos para imgPTN seguindo o processo acima. Caso contrário, você não conseguirá inicializar o boot em UEFI. Somente em Legacy.

Aqui, convertemos as ISO's do Windows 10 e do Hiren's Boot. Você pode utilizar a imaginação para preencher todo o seu pendrive. O único impedimento será o tamanho do mesmo.

Preparando o pendrive

Agora que convertemos todas as imagens (no meu caso ficaram: Windows 10.imgPTN e Hiren's.BootCD.15.2.imgPTN), podemos conectar o pendrive ao computador e executar a ferramenta "Easy2Boot_v1.B3" que fará a extração dos arquivos necessários para a pasta "Easy2Boot_v1.B3" em sua área de trabalho.

Extração do Easy2Boot

Após a extração, caso não tenha aberto o programa, vá até a pasta extraída, clique com o botão direito do mouse em "Make_E2B" e selecione "Executar como Administrador".

Pasta do Easy2Boot

Selecione o idioma desejado na lista, o pendrive que será utilizado e clique no botão vermelho (Make E2B Drive). Surgirá uma mensagem de confirmação, nela clique em "OK" caso tenha escolhido o pendrive correto.

Easy2Boot

Ao abrir a tela de Prompt, surgirá outra mensagem para confirmação.

Tenha em mente que o pendrive será COMPLETAMENTE apagado neste processo. Então, certifique-se de ter selecionado o pendrive correto; e que não tenha arquivos importantes nele.

Tem certeza que deseja apagar?

Após confirmar, o pendrive será formatado e, então, os arquivos necessários serão copiados para ele.

Arquivos copiados para o pendrive

Quando a tela ficar verde, o seu pendrive está pronto, pressione ENTER para confirmar.

Pendrive pronto

Agora, você deverá ir na pasta "_ISO" do seu pendrive.

Arquivos no pendrive

Nesta pasta, há outras pastas nas quais você deverá colar os arquivos imgPTN. Elas são autoexplicativas, mas vamos dar alguns exemplos abaixo para não restar dúvidas.

Resumo das pastas

Pasta ISO no pendrive

A pasta Antivirus, como o próprio nome já sugere, é dedicada para os Rescue Disk de Antivírus. Então, caso vá utilizar, cole o imgPTN do mesmo aqui.

Na pasta Linux, colamos as distros Linux. Ubuntu, Linux Mint dentre outras.

A Utilities (Utilidades) é para ferramentas como o Hiren's Boot, HDD Regenerator etc..

Na pasta Windows, há outras pastas com as edições/versões do mesmo. Ou seja, caso eu tenha um arquivo imgPTN do Windows 8.1, devo colá-lo em "Windows\Win8".

Caso seja imgPTN do Windows 10, devo colar em "Windows\Win10". E assim, segue a lógica.

Assim que copiar todos os arquivos imgPTN para o pendrive, execute o arquivo "MAKE_THIS_DRIVE_CONTIGUOUS" clicando com o botão direito e selecionando Executar como Administrador. Abrirá uma tela do PowerShell e iniciará o WinContig. Basta aguardar a conclusão da desfragmentação.

Caso o WinContig apresente alguma mensagem de erro, significa que há algum arquivo imgPTN que necessita ser desfragmentado mas não há espaço suficiente no pendrive. O próprio programa exibe o nome do arquivo em questão. Ou seja, se tenho um arquivo imgPTN do Windows 8.1 de 3 GB, precisarei ter pelo menos 3 GB de espaço livre no pendrive para conseguir desfragmentá-lo.

Inicializando pelo pendrive

Não vou entrar em detalhes em como "dar boot" pelo pendrive, pois cada computador tem uma tecla para acessar a BIOS e fazer as modificações necessárias. E acredito que você, pelo nível deste tutorial, saiba como acessar a BIOS do seu computador.

Mas, caso não saiba, faça uma breve pesquisa no Google utilizando o modelo da sua placa mãe ou do seu notebook.

Qual sistema ou ferramenta vou utilizar?

Primeiramente, para acessar o menu multibootável será necessário iniciar o pendrive em modo Legacy, ou seja, caso seu computador esteja configurado em modo UEFI faça a alteração para Legacy.

Feito isso, selecione no menu a opção desejada. Seja instalar o Windows, Linux ou iniciar algum utilitário. É bem simples navegar e entender as opções.

Pendrive multibootável

Suponhamos que eu queira instalar o Windows 10. Seleciono a opção de instalação do Windows (3ª na imagem acima), e então, todas as versões de Windows que foram copiadas para o pendrive são listadas. Como pode ver a seguir, só foi listado uma opção de Windows pois copiei apenas o Windows 10.

Instalação de Windows

Seleciono a opção de instalação, no meu caso, a opção nº 2. Instalar Windows 10.

Será exibido uma lista com os arquivos imgPTN do Windows selecionado.
Ou seja, se fossem copiados para o pendrive (2) arquivos de Windows 10, um 32 Bits e outro 64 Bits, seriam listados aqui.

Seleção de versão do Windows

Pressione ENTER na versão desejada, e será exibido o seguinte aviso: "A partição do drive será sobrescrita". Basicamente, esta opção fará com que o computador "enxergue" apenas o sistema ou utilitário que você escolheu. Nada é apagado.

Sobrescrita do drive

Digite Y e tecle ENTER para continuar a sobrescrita.
Aguarde até que o menu mude de fundo, sinalizando que está em "modo sobrescrito".

Modo sobrescrito

Agora é possível utilizar o pendrive com a finalidade que você selecionou, ou seja, no meu caso para instalar o Windows 10. Mas poderia ser instalação do Linux ou iniciar alguma ferramenta. (São os mesmos passos)

Se vou instalar o sistema (ou iniciar um utilitário) em Legacy:

  • Basta selecionar a opção 1: Boot from this drive (MBR Mode).

Se vou instalar o sistema (ou iniciar um utilitário) em UEFI:

  • Reinicio o computador, troco na BIOS de Legacy para UEFI e inicio novamente pelo pendrive.
  • Assim que iniciar, irá direto para a instalação do sistema ou iniciará a ferramenta sobrescrita.


Voltando o pendrive para modo normal

Em UEFI, sempre iniciará no sistema ou utilitário selecionado anteriormente e sobrescrito. Então, é necessário trocar de UEFI para Legacy, para conseguir acessar o menu e seguir este processo.

Para desfazer a "sobrescrita" e voltar ao menu principal, onde é possível selecionar as outras opções de sistema e utilidades, basta selecionar a opção 0: EASY2BOOT - Switch back to the Easy2Boot menu.

Voltando ao normal, é possível escolher outra ferramenta ou sistema e "sobrescrever" para ser acessado tanto em UEFI quanto em Legacy. É genial!

Pendrive recomendado

Como criar um pendrive multibootável para GPT (UEFI) e MBR (Legacy) Como criar um pendrive multibootável para GPT (UEFI) e MBR (Legacy) Avaliado por King Arte em 7/19/2019 07:55:00 PM Avaliação: 5

Nenhum comentário